Novembro de 2021 entra para a história do setor automóvel em Portugal, pois pela primeira vez, na categoria de automóveis ligeiros de passageiros, as vendas dos veículos 100% elétricos superaram, num mês, os veículos com motores a gasóleo.

A conclusão é da UVE – associação de Utilizadores de Veículos Elétricos que analisou os números das vendas e concluiu que, no mês de novembro os 100% elétricos tiveram um peso de 18,1% nas vendas de viaturas novas, ao passo que os veículos Diesel representaram 17,7%.

Fonte: UVE

Em relação a todas as categorias, comerciais (ligeiros e pesados) e ligeiros de passageiros, “este mês de novembro, o valor das vendas de Veículos Elétricos (BEV+PHEV) atingiu um novo máximo, com 3.618 viaturas vendidas, sendo que se ultrapassaram as duas mil unidades de viaturas 100% elétricas vendidas, com 2.165 veículos deste tipo! A quantidade de veículos híbridos plug-in (PHEV) novos continua estável, tendo sido vendidos 1.453 veículos em novembro”, indica a UVE.

“Sem dúvida que 2021 está a ser um ano de grande aceleração na escolha da aquisição de um Veículo Elétrico na altura da aquisição de viaturas novas”, frisa a UVE.

Em valores acumulados de janeiro a novembro e considerando todas as categorias de veículos (de comerciais a ligeiros de passageiros), o valor de 26.340 veículos BEV + PHEV aproxima-se da fasquia dos 30.000 veículos BEV + PHEV vendidos num só ano em Portugal, “o que, a concretizar-se, será o maior valor de sempre”, aponta a associação.

De janeiro a novembro, considerando todas as categorias de 100% elétricos, foram comercializados 11.972 veículos, ao passo que dos PHEV se venderam 14.368, avança a UVE.

Olhando para os BEV, “a maior oferta de modelos 100% elétricos – com mais de 120 modelos – atualmente já disponíveis, veio acelerar a procura por esta categoria de veículos elétricos, em detrimento dos híbridos plug-in claramente a perderem protagonismo, embora ainda possam ser a porta de entrada para a mobilidade 100% elétrica. O futuro cada vez mais próximo será dos Veículos 100% Elétricos, como iremos seguramente constatar nos próximos anos”, declara a UVE na sua análise.

Fonte: UVE

Relativamente aos veículos 100% elétricos, em termos homólogos, novembro trouxe um aumento das vendas de 160,5%, informa a UVE: “Em novembro de 2020, o aumento já tinha sido de 83,7% relativamente a 2019, o que acentua claramente a cada vez maior procura e interesse pelos veículos 100% elétricos”.

No acumulado do ano de 2021 as vendas dos 100% Elétricos registaram uma variação homóloga de 72,9%, um aumento ainda mais acentuado face aos 45,7% que já se tinham verificado em 2020 face a 2019, indica ainda a associação.

As análises mensais aos valores de 2021 continuam a confirmar a tendência de que a eletrificação dos veículos está a decorrer a um ritmo acelerado.

“O próximo mês será importante para fechar um ano extremamente positivo para a mobilidade elétrica e permitirá traçar objetivos ainda mais ambiciosos para 2022, visto que a oferta comercial das várias categorias de veículos (ligeiros e pesados, de passageiros e de mercadorias) está a aumentar significativamente”, conclui a UVE.

Fonte: UVE. Todas as categorias de EV aqui incluídas.

Artigo anteriorEnergia renovável em fábrica da Nissan será suficiente para construir Leaf
Próximo artigoQue novos modelos elétricos BMW e Mini vêm aí?

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of