A partir deste mês de janeiro, os veículos de passageiros Citroën Berlingo, Citroën Jumpy Combi e Citroën Spacetourer passam a estar disponíveis exclusivamente nas versões 100% elétricas alimentadas a bateria: ë-Berlingo, ë-Jumpy Combi e ë-SpaceTourer.

O Grand C4 SpaceTourer, com lotação para até sete ocupantes, continua, contudo, presente na gama Citroën, na sua versão térmica.

Este reforço na ofensiva de eletrificação da Citroën aplica-se às novas encomendas de versões de passageiros destes três modelos na Europa e não engloba os veículos comerciais que, além das versões elétricas, mantêm as propostas BlueHDi.

Esta decisão resulta “de uma abordagem responsável por parte de uma marca empenhada e inovadora, que reafirma o seu total envolvimento na transição energética e que deseja conduzir os seus clientes para soluções do futuro”, diz a Citroën.

O construtor, do Grupo Stellantis, enfatiza que, ao dotar estas viaturas multiusos com uma fonte de energia de futuro, “permitirá aos clientes continuar a viajar livremente e com custos de utilização controlados, beneficiando, ao mesmo tempo, da habitabilidade e da versatilidade oferecida por estas três silhuetas”.

Citroën ë-Berlingo

O Citroën ë-Berlingo apresenta todas as funcionalidades do Berlingo, estando disponível em dois comprimentos, podendo acolher até sete ocupantes. Mantém a mesma habitabilidade interior, com três bancos traseiros independentes, espaço de arrumação multifunções no tejadilho Modutop e óculo traseiro com abertura.

O motor elétrico tem 136 cv de potência e uma velocidade de 130 km/h. A bateria de iões de lítio de 50 kWh do ë-Berlingo permite uma autonomia máxima de 280 km.

Pode ser recarregado a 80% em apenas 30 minutos num posto público de carregamento rápido até 100 kW, e em cerca de 7 horas através de uma Wallbox monofásica de 7,4 kW.

ë-SpaceTourer

O Citroën ë-SpaceTourer é um monovolume capaz de transportar entre seis e nove ocupantes. Tem três comprimentos de carroçaria e dois níveis de autonomia, de cerca de 230 km se equipado com a bateria de 50 kWh e até 330 km quando equipado com a bateria de 75 kWh (ciclo WLTP).

Citroën ë-SpaceTourer

Citroën Jumpy Combi

O Citroën Jumpy Combi é outro monovolume pensado para empresas com atividades de transporte de pessoas. Do tamanho M até ao grande XL, pode acomodar 9 pessoas a bordo juntamente com as bagagens. Propõe várias configurações de bancos “à escolha” (“à la carte”) e pode obter um volume de 5,3 m3 no tamanho M e até 6 m3 no tamanho XL. Disponibiliza as mesmas soluções 100% elétricas que o ë-Spacetourer, com dois níveis de autonomia, de cerca de 230 km se equipado com a bateria de 50 kWh e até 330 km quando equipado com a bateria de 75 kWh (ciclo WLTP).

Artigo anteriorRecolha de resíduos aumentou 27% na cidade do Porto durante natal
Próximo artigoEmergência ambiental é prioritária para profissionais de todo o mundo

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of