A Mercedes-Benz conseguiu ser a terceira marca mais vendida em Portugal, em 2021, por via da entrega de 11.383 automóveis no ano passado.

Relevante é o facto de a marca alemã ter comercializado já um total de 100 unidades por via digital através do website www.mercedes-benz.pt e o facto de 38,7% das suas matrículas serem de veículos 100% elétricos (BEV) e híbridos Plug-in (PHEV).

Estas duas categorias de viaturas (BEV e PHEV) representaram 4.402 unidades em 2021 para a Mercedes-Benz, o que comparando com o registo de 2020 (3.579 exemplares), traduz um crescimento de 23%.

As vendas conjuntas de Plug-in Hybrid e Elétricos no construtor de Estugarda deram à marca uma quota de mercado de 15,2%, dando a liderança à marca nesta categoria de veículos.

Atualmente, os veículos PHEV e EV’s representam 38,7% das vendas da Mercedes-Benz.

Vale agora a pena olhar para alguns números das vendas dos diferentes modelos elétricos e PHEV na marca alemã em Portugal.

O primeiro modelo 100% elétrico da Mercedes-EQ, o EQC, comercializado em Portugal desde os finais de 2019, destacou-se em 2021 com 132 unidades vendidas.

EQC 400 4MATIC

O EQA (EQA 250 e o EQA 350 4MATIC) e o EQS (EQS 450+, 580 4MATIC e EQS 53 4MATIC), dois modelos lançados em 2021, venderam 417 e 25 unidades, respetivamente, esgotando a quota disponível para Portugal.

Para 2022, a Mercedes-EQ irá reforçar a sua oferta com a chegada ao mercado do novo EQB e EQE e da apresentação de novas propostas totalmente elétricas para futuro lançamento.

Mercedes-EQ, EQB 300 4MATIC

Entre os modelos Mercedes-Benz mais procurados pelos clientes destaque para o Classe A com 3.998 unidades comercializadas.

Focando apenas na oferta PHEV, que no segmento compacto da Mercedes-Benz fazem parte o Classe A, Classe A Limousine, Classe B, GLA, CLA e CLA Shooting Brake, foram comercializadas 1.516 unidades em 2021.

Na gama média, o Classe C Limousine foi o modelo mais comercializado com 617 unidades.

Nesta gama média (C e GLC) foram comercializadas 1.402 unidades PHEV (um acréscimo de 7,7%, 1.302 em 2020).

A família Classe E apresentou um volume de vendas (que inclui CLS e GLE) a atingir as 1.353 unidades. Destaque para as vendas dos PHEV do Classe E, com oferta a gasolina e Diesel, que alcançaram as 529 unidades. Entre o GLE SUV e Coupé foram entregues 264 e 146 unidades, respetivamente, das quais 333 PHEV.

Feitas as contas, hoje, mais de 80% das encomendas dos modelos Classe C, GLC (SUV e Coupé), Classe E e GLE (SUV e Coupé) são modelos PHEV.

Por fim, o porta estandarte da Marca, o Classe S, comercializou 141 unidades. Para 2022, está prevista a chegada da motorização PHEV, o S580e, que irá juntar-se à restante gama.

Smart em Portugal

Em 2021, a smart comercializou 430 unidades totalmente elétricas em Portugal das quais 287 unidades Smart fortwo (coupé: 242 e cabrio: 45) e 143 Smart Forfour.

smart EQ fortwo, coupe

Globalmente, a Mercedes-Benz Cars vendeu 2.093.476 automóveis (-5,0%) entre janeiro e dezembro, uma vez que a falta de semicondutores atrasou a oferta de automóveis.

No mundo, as vendas de automóveis híbridos e elétricos plug-in da Mercedes-Benz atingiram um recorde de 227.458 unidades (+69,3%), das quais 48.936 eram automóveis elétricos de passageiros (BEV) (+154,8%). Incluindo Smart e Mercedes-Benz Vans, as vendas totais da BEV subiram acima das 99.000 unidades. Desde que o EQS foi colocado à venda em agosto de 2021, as encomendas atingiram os 16.370.

 

 

Artigo anteriorUVE espera uma ainda maior aceleração das vendas de elétricos em 2022
Próximo artigoAgricultura de carbono pode mitigar alterações climáticas

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of