O projeto SCALE – Scalable Centralized Grid Protection, Automation and Control vai ser liderado pela Efacec e desenvolvido pelo consórcio constituído pela ARMIS, INESC TEC e IT Aveiro, envolvendo ainda a participação da E-REDES (ex. EDP Distribuição), e do INESC-ID.

O investimento nesta iniciativa está na ordem dos dois milhões de euros e é cofinanciado pela União Europeia, no âmbito do Portugal2020. Com data prevista de conclusão no primeiro semestre de 2023, o projeto SCALE tem como objetivo  o desenvolvimento de uma plataforma para a subestação de distribuição digital do futuro, que permita o controlo, monitorização e proteção de redes elétricas de média tensão (MT) de forma centralizada.

Esta solução, projetando e desenvolvendo sistemas de proteção centralizados para subestações, desafia as arquiteturas de subestação digital atuais, e é também uma alternativa disruptiva face à geração anterior de produtos e soluções PAC hoje aplicada na indústria, com forte impacto no modelo de negócio.

A solução a desenvolver consistirá, assim, numa arquitetura inovadora e de alto valor acrescentado através da integração de flexibilidade na rede de distribuição, bem como pela capacidade acrescida na adaptação a novos requisitos funcionais, particularmente relevantes nos contextos dinâmicos de rede do futuro.

“Simultaneamente, o projeto possibilitará a integração de aplicações inovadoras centralizadas e inteligentes, permitindo uma maior flexibilidade e adaptação do sistema de proteção e controlo à medida que evoluem as redes inteligentes e a integração das energias renováveis/ DER (Distributed Energy Resources), até agora mais difíceis de realizar”, lê-se em comunicado de imprensa da Efacec.

Artigo anteriorCidades feitas para carros? “Esta abordagem está desatualizada”, diz Bolt
Próximo artigoWatts On passa a Welectric e lança site internacional

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of