A AQ Volta é uma empresa focada no desenvolvimento e construção de projetos eólicos e solares. Brevemente vai unir-se à Aquila Clean Energy e passará a operar no sul da Europa sob a marca Aquila Capital. Uma mudança implementada com o intuito de “reforçar a Aquila Capital e potenciar sinergias entre as diferentes marcas da empresa”.

De 48 nacionalidades distintas, são aproximadamente 600 os profissionais que prestam serviços para a Aquila Capital a partir de 12 países. No caso específico da AQ Volta o número de colaboradores baixa para 40, divididos pelos escritórios de Portugal, Espanha, Itália e Grécia.

Independentemente da união entre a AQ Volta e a Aquila Clean Energy, “as equipas locais, com especialização em desenvolvimento e construção, vão continuar a concentrar-se na cobertura de toda a cadeia de valor dos ativos eólicos e solares da Aquila Capital no sul da Europa”.

As energias renováveis são “uma classe de ativos fundamental” na oferta de investimentos do grupo. Já o sul da Europa é “um mercado chave”, onde as suas equipas de especialistas locais “são a base da nossa ambiciosa estratégia de crescimento futuro”. Pelos menos foi essa a descrição que Andrew Wojtek, responsável pela Gestão de Investimentos da Aquila Clean Energy, partilhou em comunicado.

A Aquila Capital gere, hoje em dia, cerca de 12,5 mil milhões de euros para investidores institucionais em todo o mundo. Em 2020 comprou cerca de 3GW em ativos de energias renováveis na Europa. Graças a essa aposta conseguiu atingir o marco de um portefólio renovável pan-europeu de 10 GW, dos quais 5GW dizem respeito à Europa do Sul.

Artigo anteriorPostos Prio e da Shell vão passar a ter cacifos para levantamento de encomendas
Próximo artigoE você? Já consome pescado de origem sustentável?

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of