A Helexia Brasil ganhou mais 27 megawatts de energia fotovoltaica para a Vivo, marca da multinacional Telefónica.
Após o anúncio, a 31 de agosto, da construção de 17 unidades solares fotovoltaicas para fornecimento de energia renovável às instalações da Vivo, empresa do Grupo Telefónica no Brasil, a Helexia adicionou oito unidades, totalizando 27 megawatts a este contrato de 20 anos.

Inicialmente planeada para 60 megawatts, a capacidade é, portanto, aumentada para 87 megawatts, tornando a Helexia como principal fornecedora de energia solar fotovoltaica para a Telefónica no Brasil.

As unidades adicionais estarão localizadas nos estados do Amazonas, Tocantins, São Paulo e Rio Grande do Sul.

A operação comercial está prevista para começar no segundo semestre de 2022.

“Enorme satisfação ver a confiança redobrada da Telefónica/Vivo na Helexia Brasil como parceiro líder no fornecimento de energia fotovoltaica no modelo de Geração Distribuída” – Luís Pinho, CEO da Helexia em Portugal

“Depois de numa fase inicial nos terem sido confiados 60MWp, cuja construção já arrancou em agosto passado, foram-nos confiados mais 27MWp, totalizando assim 87MWp. Parabéns Telefonica/Vivo e parabéns Helexia e Voltalia pelas sinergias desenvolvidas para o sucesso destes projetos”, refere Luís Pinho, CEO da Helexia em Portugal.

Com este novo contrato, a Telefónica avança na sua estratégia de desenvolvimento sustentável no Brasil, fortalecendo a sua infraestrutura para produção de energia limpa.

“A experiência da Helexia como especialista em unidades de produção solar descentralizadas combinada com o conhecimento da Voltalia sobre o mercado brasileiro, tornam esta, uma parceria de confiança”, destaca a empresa energética.

Artigo anteriorWelectric Talks: nova série de videocasts estreia dia 25 de janeiro
Próximo artigo“Escola Electrão” recolheram 73 toneladas de equipamentos elétricos

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of