A Maserati, que pertence ao Grupo Stellantis, está apostada em ser a primeira marca italiana de automóveis de luxo a produzir modelos totalmente elétricos. O fabricante com o símbolo do Tridente anunciou os seus planos para o lançamento no mercado da sua gama elétrica, a que dará o nome de Maserati Folgore.

“A estratégia Folgore totalmente elétrica foi desenvolvida tendo em mente as exigências dos clientes e o ADN da marca”, aponta o construtor.

O novo GranTurismo será o primeiro automóvel da história da Maserati a adotar soluções 100% elétricas. Fabricado no polo fabril de Mirafiori, fará a sua estreia no mercado em 2023.

O novo GranTurismo, um ícone para a marca, oferecerá soluções técnicas de vanguarda, derivadas da Fórmula E, “uma performance soberba e um conforto e uma elegância típicos da marca do Tridente”, promete a empresa.

No próximo ano, o novo Grecale SUV – cujo lançamento está previsto para os próximos dias – estará, também, disponível numa versão elétrica.

Entre 2024 e 2025, todos os modelos da Maserati contarão com uma versão 100% elétrica: o superdesportivo MC20, a nova berlina desportiva Quattroporte e o novo SUV de grandes dimensões Levante completarão a oferta Maserati Folgore, para atrair os novos consumidores de luxo em todos os segmentos de mercado.

O plano da Maserati faz parte do plano estratégico “Dare Forward 2030” do Grupo Stellantis, anunciado a 1 de março. Todos os novos modelos da marca serão 100% desenvolvidos, concebidos e produzidos em Itália, e adotarão sistemas de propulsão elétrica

Artigo anteriorBogotá é campeã no combate ao desperdício
Próximo artigoCTT instalam cacifos em mais dois postos de abastecimento da Prio