De acordo com a empresa de estudos de mercado Strategy Analytics, até 2026 aproximadamente 67 milhões de novos veículos em todo o mundo serão equipados com recursos de telemática, esperando-se que os módulos de comunicação 5G, lançados no ano passado apenas, representam mais de 25% do mercado da telemática automóvel dentro de quatro anos.

Um dos players que continua a procurar fortalecer a sua aposta no mercado da conectividade automóvel é a LG Electronics, com a empresa a referir ter concluído recentemente acordos para fornecer soluções de telemática 5G a fábricas e produtores de veículos premium na Europa.

A empresa, no entanto, não pormenoriza quais os emblemas com os quais assinou estes contratos.

A Vehicle Component Solutions (VS) Company da LG é a divisão da tecnológica sul-coreana que desenvolve a tecnologia para a indústria automóvel na era do 5G.

A LG indica em comunicado que, com as suas tecnologias, garantiu uma vantagem competitiva no 5G, sendo a dona de 10% das aprovações global de patentes standard relacionadas com o 5G, assumindo assim o segundo lugar a nível global.

As inovações telemáticas 5G, como as desenvolvidas pela LG, vão desde sistemas de vehicle-to-everything (V2X) a pacotes integrados de hardware, software e gateways de comunicação para veículos.

Comunicação V2X com base no 5G

Componente essencial em veículos autónomos, o V2X permite que os veículos comuniquem de forma com outros veículos, peões que se encontrem nas proximidades e até infraestruturas para criar um ambiente mais seguro para todos.

Aproximando-se rapidamente do Nível 4 da Society of Autonomous Engineers (SEA) – em que os veículos autónomos não exigem qualquer interação humana para a sua operação –, a tecnologia 5G-V2X, como a que a LG te, desenvolvido, oferece velocidades mais consistentes na transmissão de dados de veículos.

Neste sentido, comunicações mais rápidas e estáveis significam que os veículos podem reconhecer e responder instantaneamente a uma grande variedade de condições da estrada e situações relacionadas com a condução.

Por sua vez, a tecnologia de posicionamento de alta precisão, conhecida como Advanced Global Navigation Satellite System (GNSS), é capaz de identificar a localização exata de um veículo num alcance de 40 centímetros mesmo quando se desloca a alta velocidade.

“Através da tecnologia Dual SIM Dual Active (DSDA), as soluções da LG suportam simultaneamente carros conectados e funcionalidades de condução autónoma, permitindo que os passageiros desfrutem de serviços de entretenimento, funções convenientes e uma segurança otimizada”, aponta a empresa.

Uma das particularidades destas soluções otimizadas é o módulo 5G 3rd Generation Partnership Project (3GPP) Release 16 apresentar uma performance significativamente melhorada e conexões ainda mais fiáveis.

Soluções de Smart Cities

O 3GPP Release 16 conta com recursos mais avançados para veículos autónomos, trazendo recursos das smart cities através de avanços na IoT industrial. Paralelamente, otimiza as velocidades wireless e a taxa de transmissão de dados em milhões de dispositivos.

Além disso, a antena plana e inteligente permite que os fabricantes mantenham as linhas aerodinâmicas dos seus projetos originais, o que seria impossível com as antenas tradicionais em formato de “barbatana”.

“Graças à nossa experiência e conhecimento na área da telemática de veículos, a LG tem conseguido fechar uma série de novos contratos com fabricantes globais estabelecidas”, afirma Eun Seok-hyun, presidente da LG Vehicle Component Solutions Company.

“Com soluções extremamente simples de implementar em vários modelos de veículos, graças ao nosso design modular integrado, os sistemas de hardware e software telemáticos oferecem um nível incomparável de flexibilidade aos fabricantes e diversos serviços aos utilizadores finais. Assumindo-se como um parceiro de confiança para fabricantes de todo o mundo, a LG está a contribuir para um futuro melhor e mais seguro nas estradas de todo o mundo com o seu crescente portefólio de inovações avançadas na área da mobilidade.”

Artigo anteriorGrupo Auchan e sustentabilidade: revolução feita de equilíbrio e inovação
Próximo artigoMars quer tornar-se neutra em carbono até 2050

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of