A primeira fábrica europeia da Tesla teve a sua inauguração esta terça-feira. A unidade localiza-se em Grünheide, Estado de Brandenburg, a 35 km de Berlim, e levou cerca de dois anos a ser construída.

O CEO da Tesla, Elon Musk, que viajou de avião particular para a Alemanha, marcou presença na cerimónia de inauguração, tendo sido o próprio a entregar as primeiras 30 unidades Tesla “Made in Germany” a clientes. Os primeiros modelos foram Model Y.

No interior da fábrica, na zona onde os carros são dados como prontos, Musk, bem-disposto, chegou a brincar com um pequeno drone que estava mesmo ao pé dele, encenando uma espécie de dança, algo que já havia feito em Xangai, em janeiro de 2020 quando, na altura, lançou a fábrica chinesa. Na unidade fabril alemã, Musk arrancou sorrisos aos presentes, muitos dos quais funcionários com smartphone em riste a filmar e fotografar este momento.

“Este é um grande dia para a fábrica”, disse Musk, para quem este é “mais um passo na direção de um futuro sustentável”.

“Danke, Alemanha!” (Obrigado, Alemanha) escreveu Musk na sua conta no Twitter após inaugurar a fábrica.

O chancellor alemão Olaf Scholz esteve presente na cerimónia, destacando que “a eletromobilidade determinará a mobilidade do futuro”.

Este projeto envolve mil milhões de euros, tendo como pressuposto uma meta de montagem anual de elétricos de 500 mil exemplares, enquanto a fábrica de baterias irá gerar mais de 50 GigaWatt/h num ano.

Atualmente, a fábrica faz 200 carros/semana, projetando o fabricante chegar aos 1,000/semana, dentro de seis semanas.

Em termos de volume de produção, a estimativa é que vá subindo, alcançando no final deste ano 2022 o fabrico em Grünheide de 5000 viaturas Tesla por semana.

Feitas as contas, poderemos ter 100 mil unidades Tesla montadas na Alemanha, neste 2022.

Nesta fase de arranque, apenas o modelo Model Y Performance será construído em Grünheide.

A fábrica pode vir a empregar doze mil pessoas. Para já, emprega 3500 colaboradores.

A Gigafactory Berlin é a quinta maior instalação de produção da Tesla em todo o mundo, ao lado da fábrica em Fremont, Califórnia, e das três gigafábricas no Reno (Nevada), Buffalo (Nova Iorque) e Xangai (China).

Esta quarta Tesla Gigafactory é também o primeiro local de produção da empresa na Europa e a sua fábrica mais avançada, sustentável e eficiente até à data.

Após o anúncio em novembro de 2019, a fase de construção começou na primavera de 2020, com a intenção de começar a produção em julho de 2021, algo que não aconteceu devido a procedimentos burocráticos.

A Gigafactory combina várias unidades de produção numa área de 300 hectares, inserida, por sua vez, numa área total de mais de 227.000 metros quadrados, espaço suficiente para a produção de outros elementos, desde motores a bancos.

Artigo anteriorMunicípio da Maia reforça frota elétrica
Próximo artigoGrupo Auchan e sustentabilidade: revolução feita de equilíbrio e inovação

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of