Menos de um ano após a apresentação do Concept #1, a Smart revelou o #1, um SUV elétrico para cinco ocupantes que terá como rivais o DS 3 Crossback E-Tense e o futuro Mini Paceman no segmento premium B-SUV.

O Smart #1 é baseado na plataforma SEA da Geely, fruto de um acordo entre Geely e Mercedes-Benz. De resto, essa mesma base vai ser utilizada pelo próximo SUV de segmento B 100% elétrico da Volvo.

O Smart #1 mede 4,27 metros de comprimento, 1,82 metros de largura e 1,64 metros de altura. A distância entre eixos é de 2,75 metros e a bagageira tem uma capacidade de 323 litros. Sob o capot dianteiro há um compartimento de 15 litros para guardar os cabos de recarga. O crossover pode equipar jantes de até 19”.

No interior, o sistema de infotainment com ecrã touch de 12,8 polegadas com 1920 x 1080 píxeis.

O Smart #1 estreia um sistema de controlo de voz baseado em Inteligência Artificial, tendo atualizações OTA (Over The Air).

O pequeno crossover do construtor possui um motor elétrico de 272 cv (200 kW) e de 343 Nm que faz mover o eixo traseiro e proporciona uma velocidade máxima de 180 km/h.

Está ainda previsto que o modelo venha a dispor de uma versão de tração às quatro rodas, bastante mais potente.

A bateria de 66 kWh com células NCM (Níquel, Cobalto, Manganês) proporciona uma autonomia de 440 km. Pode carregar com potências de até 22 kW em corrente alternada (com tempos de carregamento inferiores a três horas para is de 10-80%) e 150 kW em corrente contínua (carregamento em menos de 30 minutos, dos 10-80%).

Em termos de tipos de conetores utilizáveis, o modelo tem CCS Tipo 2 Europa; e um cabo de carregamento tipo 3 de série.

O SUV compacto permite aos utilizadores conectarem o Smart #1 a amigos através da aplicação e inclui uma chave digital com um sistema peer-2-peer.

O veículo está em processo de homologação da UE e espera-se que a homologação seja concluída no segundo semestre de 2022.

O Smart #1 vai ser fabricado na China e será vendido na Europa no primeiro trimestre de 2023. no arranque haverá uma Launch Edition.

Artigo anteriorSensoneo desenvolveu uma solução para gestão inteligente do lixo
Próximo artigoEvento procura inovações para tornar casas mais inteligentes

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
João Paulo Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
João Paulo
Visitante
João Paulo

Mais um que não consegue viver sem a China… ainda não perceberam que este não é o caminho! Estão a alimentar um país autoritário muito maior que a Rússia e sabem disso! Só no dia em que houver consequências é que vão tomar coragem de mudar o rumo. Eu já estou a agir! evito dar o meu dinheiro em tudo o que é de origem chinesa. Portanto, da minha parte, jamais comprarei este carro.