A empresa de micromobilidade Bird vai começar a operar em Santarém e no Cartaxo a partir da próxima 2ª feira, 18 de abril, e em Almeirim, no final do mês.

Com o lançamento desta operação, a Bird passa a estar presente em 15 municípios portugueses, de norte a sul, “dando um contributo fundamental para a tão urgente e necessária transição climática”, refere a empresa.

A Bird torna-se, de resto, a primeira operadora a apostar no Ribatejo, levando para a região algumas centenas de trotinetes.

Durante o primeiro mês da operação os utilizadores poderão usufruir de uma viagem gratuita, tendo apenas de introduzir o código promocional OLARIBATEJO na sua aplicação e automaticamente ser-lhes-á oferecida uma viagem de 15 minutos.

A Bird pretende tornar as cidades mais habitáveis, através da redução das viagens de carro, redução do tráfego e das emissões de carbono.

Num contexto em que os municípios também se comprometeram com um roteiro para o Pacto Ecológico Europeu, é de extrema importância a Bird assumir-se como um parceiro chave destas cidades, com vista à descarbonização dos transportes e apresentando soluções alternativas e amigas do ambiente.

Para Bernardo Janson, Country Manager da Bird em Portugal, “o início da operação no Ribatejo representa uma etapa muito importante da atividade da empresa no país, sendo que o nosso modelo vem provar que também é viável e necessário apostar em comunidades de menor dimensão. A Bird não pode deixar de enaltecer o contributo fundamental da Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo, cujo forte empenho tornou possível este projeto. É, igualmente, importante sublinhar a vontade política do Cartaxo, de Santarém e de Almeirim em apostarem na descarbonização dos transportes, disponibilizando a quem mora, a quem trabalha ou a quem visita estas cidades uma nova alternativa de mobilidade. A missão da Bird é contribuir para que as vilas e cidades tenham melhor qualidade de vida. Já damos o nosso contributo em centenas de localidades de todo o mundo e estamos muito entusiasmados por poder prosseguir a nossa missão agora no Ribatejo”.

Artigo anteriorLancia: os planos elétricos para o renascimento
Próximo artigoCircula em Barcelona autocarro a hidrogénio com assinatura portuguesa

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of