A Helexia Portugal anunciou ter alcançado o topo da classificação de desempenho energético da sua frota automóvel, estando neste momento no Patamar A (numa escala que começa no F e termina no A+), do sistema Move+, com base nos indicadores de gestão das viaturas, gestão dos condutores, gestão da manutenção e gestão dos consumos.

O Move+ é uma ferramenta criada pela ADENE – Agência para Energia, que visa a promoção de uma mobilidade mais eficiente. O sistema baseia-se na avaliação e classificação do desempenho energético das frotas automóveis com o objetivo de identificar oportunidades e poupanças de combustível (redução de custos) e de minimização do impacto ambiental.

A substituição por viaturas mais amigas do ambiente pela Helexia levou a uma subida na classificação Move+ da ADENE, de B para A (numa escala de A+ a F).

A Helexia tem feito uma aposta contínua na melhoria da frota. Em 2020, altura em que fez a primeira certificação Move+, tinha 55% das viaturas com combustível alternativo (viaturas elétricas e híbrido plug-in) e em 2021 este valor subiu para os 58%.

Desde o início da certificação (2020) foram obtidos os seguintes indicadores: redução de 20% do consumo específico de energia e uma diminuição de 18% nas emissões específicas de CO2.

Em 2022, a empresa refere que a aposta na melhoria da frota vai continuar através da substituição gradual das viaturas térmicas por outras de propulsão alternativa, perspetivando um aumento nas viaturas de combustível alternativo de 58% para 77%. O objetivo é que a frota da Helexia seja convertida para frota elétrica gradualmente.

Explica a Helexia que, ao longo deste período foram também melhoradas as práticas internas ao nível da gestão e utilização das viaturas, gestão de condutores e gestão da manutenção. Entre as medidas implementadas contam-se:
• substituição gradual das viaturas exclusivamente térmicas por viaturas com propulsão alternativa;
• ações de motivação junto da equipa para incentivar uma condução mais eficiente sob o ponto de vista de consumos;
• divulgação dinâmica e contínua de Report aos condutores sobre o seu desempenho;
• ações de formação em eco-condução à equipa;
• garantir que os novos pneus têm classe energética superior a C;
• implementação de procedimento de verificação periódica da pressão de pneus, solicitando e motivando a equipa para que o faça com regularidade.

“Na Helexia acreditamos no potencial de uma mobilidade mais eficiente para a transição energética das empresas”

Marta Jordão

“Na Helexia acreditamos no potencial de uma mobilidade mais eficiente para a transição energética das empresas e integramos todos os stakeholders para fazerem parte desta missão, desde os nossos colaboradores, aos nossos clientes e fornecedores. O MOVE+ é um sistema que nos veio trazer uma maior consciência interna sobre o nosso desempenho na mobilidade e é sem dúvida uma ferramenta que complementa o nosso leque de serviços e a nossa missão”, refere Marta Jordão, Operations Director na Helexia.

“A certificação MOVE+ e a classificação A que obtivemos vem reconhecer a aposta que tem sido feita na melhoria contínua da frota ao nível da eficiência energética, ajudando também a identificar as oportunidades de redução dos custos operacionais, redução das emissões de CO2 e a tornar a nossa frota mais sustentável”, salienta ainda Marta Jordão.

Atualmente a Helexia já tem integrado no seu portfolio o serviço para implementação do sistema Move+, trabalhando com empresas na aplicação deste programa, para que se tornem certificadas e garantam que sua frota é mais eficiente, mais económica e com menor impacto ambiental.

Artigo anteriorCampeonato de Portugal de Novas Energias – PRIO regressa à estrada
Próximo artigoGestamp promove autoconsumo em suas fábricas com a POWEN

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of