A robô Bellabot é a mais recente adição robótica para o mercado nacional da Beltrão Coelho, empresa portuguesa dedicada à inovação tecnológica no contexto empresarial. O novo equipamento é direcionado para o setor da hotelaria e restauração pelas suas características de entrega de alimentos e outros itens.

O robô possui uma capacidade de interação avançada, o que significa que responde a comandos de voz do utilizador, recorrendo para isso a algoritmos de inteligência artificial.
 
O seu design foi especialmente pensado para se adaptar de forma mais otimizada possível à sua função. Desde a sua altura – ideal para realizar o serviço à mesa, facilitando a colocação dos pratos e o acesso ao ecrã – à estética do seu design, esguio o suficiente para se deslocar entre obstáculos, e ainda assim com capacidade suficiente para incorporar dez plataformas.

O equipamento está equipado com sensores 3D, pelo que tem a capacidade de parar em qualquer ângulo, afastar-se e mudar a rota rapidamente, assim que encontra obstáculos, através de uma frequência de deteção de barreiras até 5400 vezes por minuto, o que lhe permite travar com um tempo de resposta tão curto quanto 0,5 segundos.


A Bellabot possui também indicadores de luz que tornam a interação com o utilizador ainda mais simples e clara. Exemplo disso são as bandejas, cuja luz acende e apaga consoante o prato que está a ser entregue.

É também desta forma que o robô demonstra a sua “empatia”, reagindo ao toque do utilizador através de efeitos de luz, que são acompanhados de respostas “cómicas” de dezenas de expressões faciais emotivas.

Quanto à bateria, a Bellabot tem uma autonomia de 12 horas, no entanto, é possível adquirir uma bateria extra e facilmente substituir, pelo que um cenário de operações 24 horas por dia, sete dias por semana é facilmente alcançável para este equipamento.

Outra das características únicas da Bellabot é a introdução do programador PUDU, que permite o funcionamento de 20 Bellabots em simultâneo, ou seja, cada robô pode comunicar diretamente com qualquer outro robô na mesma rede, calcular e tomar decisões rapidamente.

“Na Beltrão Coelho estamos atentos ao que o mercado oferece e este é mais um exemplo desta nossa premissa. A Bellabot é um passo em frente no que toca à introdução natural da robótica em Portugal e nos negócios nacionais, sendo que o setor da restauração e hotelaria poderá fruir grandemente com este novo equipamento que a partir de hoje disponibilizamos”, sublinha Bruno Coelho, responsável pela secção de robótica da Beltrão Coelho.

Artigo anteriorBorras de café de Rock in Rio Lisboa vão ser aproveitadas
Próximo artigo“Gulbenkian Carbono Azul” projeto pioneiro em Portugal lançado este mês

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of