Em maio, em Portugal, a marca mais vendida de veículos 100% elétricos na categoria de ligeiros de passageiros foi a Citroën.

A venda de veículos elétricos ligeiros de passageiros, BEV + PHEV, mantém-se estável, mês após mês, acima dos 20%.

A Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos (UVE) fez as contas e refere que, em maio, foram comercializados em Portugal 1.457 veículos 100% elétricos (BEV) e 1.237 Híbridos Plug-in (PHEV), perfazendo um total de 2.694 veículos, entre BEV e PHEV.

Em termos mensais, a quota de maio foi de 19,7%, enquanto a quota anual de BEV + PHEV cifrou-se nos 20,6%.

Em termos acumulados do ano, a UVE refere que, nos primeiros cinco meses de 2022, foram entregues 6930 BEV e 6378 PHEV. Total entre 100% elétricos e híbridos Plug-in: 13.308 exemplares.

Em maio, a venda de veículos com motores de combustão interna (VCI) em maio, traduziu-se no pior mês do ano, com uma variação negativa de 28,4% relativamente ao ano passado, em virtude de terem sido vendidos menos 4.068 veículos ligeiros de passageiros.

em maio, venderam-se, novamente, mais veículos BEV e PHEV juntos do que veículos a gasóleo.

Salienta a UVE que o mês de fevereiro de 2022 foi uma exceção em termos das vendas de VCI, visto que foi o único em que se verificou um aumento nas vendas. Todos os restantes meses foram de variações negativas. Por seu turno, o cenário das vendas de veículos elétricos está numa situação oposta, isto é, houve apenas um mês – em abril -, onde se verificou uma ligeira variação negativa.

“Olhamos com expectativa para os valores do próximo mês de junho para confirmar a tendência da variação positiva, mesmo levando em conta o atual cenário de falta de veículos para entrega aos clientes, fenómeno esse que é transversal a muitos segmentos da economia mundial, em virtude das diversas situações de falta de componentes, especialmente micro-processadores”, refere a associação.

A UVE faz ainda notar que, no mês de maio, conclui-se que os ligeiros de passageiros 100% elétricos e os híbridos Plug-in juntos voltaram a registar uma quota de mercado superior aos ligeiros de passageiros com motores a gasóleo.

Em maio, os BEV e os PHEV registaram uma quota de mercado de 19,62% face aos ligeiros de passageiros movidos com motores a gasóleo, que obtiveram uma quota de mercado de 17,43%, assinala a UVE.

Marcas de BEV mais vendidas

A análise de mercado da UVE acrescenta ainda que, no mês de maio, a marca mais vendida de veículos 100% elétricos na categoria de ligeiros de passageiros foi a Citroën com 148 viaturas entregues, seguida da Peugeot com 131 unidades e da Mercedes-Benz com 121 exemplares a fechar o pódio.

A UVE indica ainda que, no acumulado do ano de 2022, relativamente à marca mais vendida de BEV, verificou-se uma troca nos três primeiros lugares. A Peugeot ultrapassou a Tesla com 613 viaturas entregues, a Tesla ocupa o 2º lugar com 591 e a BMW surge em 3º lugar com 456 unidades. A Nissan é 4ª com 407 unidades vendidas.

Artigo anteriorREPLAY vence Prémio da Nova Bauhaus Europeia 2022
Próximo artigoDesertificação representa ameaça para a paz mundial

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of