Conferência dos Oceanos em contagem decrescente

0
Conferência dos Oceanos em contagem decrescente
A II Conferência dos Oceanos terá como um dos palcos a altice Arena. Foto: © Wouter van Vliet, EuroVisionary

De 27 de junho a 1 de julho, realiza-se em Lisboa a II Conferência dos Oceanos, que será copresidida por Portugal e pelo Quénia.

A Conferência vai promover um conjunto de soluções de base científica, de defesa dos oceanos e dos seus recursos e que abordem também as ameaças que comprometem a saúde, a ecologia, a economia e a governação dos oceanos: a acidificação; o lixo marinho e poluição; a pesca ilegal, não declarada e não regulamentada; a perda de habitats e de biodiversidade.

O objetivo da Declaração de Lisboa

Enquadrada pela necessidade de ação, atenta a importância da conservação e do uso sustentável dos mares e recursos marinhos para alcançar os ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) e a Agenda 2030 no seu todo, a Conferência dos Oceanos das Nações Unidas vai bater-se pela aprovação do que poderá vir a chamar-se de Declaração de Lisboa, um documento que realçará as áreas de atuação inovadoras e baseadas na ciência que permitam apoiar a concretização do ODS 14: conservar e utilizar de forma sustentável os oceanos, mares e recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável.

Os objetivos da Conferência serão prosseguidos através de reuniões diárias com os seguintes temas:

1) Combater a poluição marinha;
2) Promover e fortalecer economias sustentáveis baseadas nos oceanos, em particular em pequenos Estados insulares em desenvolvimento e países menos desenvolvidos;
3) Gerir, proteger, conservar e restaurar os ecossistemas marinhos e costeiros;
4) Minimizar e abordar a acidificação, a desoxigenação e o aquecimento dos oceanos;
5)Tornar a pesca sustentável e possibilitar o acesso de pescadores artesanais aos recursos e mercados marinhos;
6) Aumentar o conhecimento científico e desenvolver a capacidade de pesquisa e transferência de tecnologia marinha;
7) Melhorar a conservação e o uso sustentável dos oceanos e seus recursos através da implementação do direito internacional, conforme refletido na Convenção das Nações Unidas sobre o Direito do Mar;
8) Potenciar as interligações entre o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 14 e os outros Objetivos para a implementação da Agenda 2030.

A Conferência dos Oceanos ajudará a consolidar a importância do mar na resposta à crise climática, contribuindo para a consciencialização global da interdependência dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e da relevância do meio marinho na ação climática.

O evento principal irá decorrer de 27 de junho a 1 de julho, no Altice Arena, em Lisboa, e será composto por três momentos distintos:

Sessão Plenária – dedicada a discussões de alto nível entre os governos e líderes políticos;

Diálogos Interativos – dedicados a discussões mais científicas e técnicas pelos representantes de alto nível de Organizações Não Governamentais, Organizações Internacionais, Universidades, Empresas e, também, Governos;

Eventos paralelos – dedicados a anunciar compromissos voluntários e gerar impulso para alianças e iniciativas específicas sobre questões oceânicas.

Paralelamente, irão decorrer quatro eventos especiais:

Fórum da Juventude e Inovação – de 24 a 26 de junho, na Nova SBE, Carcavelos, dedicado aos jovens líderes e às suas ideias inovadoras para inverter o declínio da Ocean Health;

Fórum de Governos Locais e Regionais – 25 de junho, Porto de Leixões, Matosinhos, dedicado a mostrar como a ação regional e local pode beneficiar o Oceano;

Simpósio de Alto Nível sobre Água – 27 de junho, Altice Arena, Lisboa, dedicado a discussões de alto nível para colmatar o fosso entre o ODS 6 (Água Limpa e Saneamento) e o ODS 14 (Vida Debaixo de Água);

Fórum sobre a Economia Azul Sustentável e Investimento – 28 de junho, Centro de Congressos do Estoril, dedicado a reunir empresas, financiadores e empresários em questões sobre o Oceano na tentativa de melhor moldar os instrumentos de financiamento para a Economia Azul.

Foto: © Wouter van Vliet, EuroVisionary

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of