O projeto Gulbenkian Carbono Azul vai ser formalmente apresentado esta segunda-feira, dia 27 de junho.

Este programa pioneiro em Portugal pretende mapear e caracterizar os ecossistemas de carbono azul do nosso país e promover o investimento na sua conservação e restauro.

A sessão de lançamento da iniciativa vai acontecer no Pavilhão de Portugal – Auditório do Fórum Oceano, no Parque das Nações, em Lisboa, entre as 16:45 e as 18:00 horas.

Este anúncio marca o lançamento do projeto e a sua apresentação pública no quadro da Conferência do Oceano das Nações Unidas.

Carlos Duarte, investigador e diretor executivo da Global Coral Reef R&D Platform e professor na King Abdullah University of Science and Technology, será o orador principal da sessão, a que se sucede um painel de debate que reúne especialistas em questões relacionadas com carbono azul e economia azul, provenientes dos setores público, privado e terceiro setor.

No painel será discutido o potencial, ainda por explorar, do investimento em carbono azul em Portugal, bem como as oportunidades concretas que a proteção e restauro dos ecossistemas marinhos e costeiros portugueses oferecem, designadamente na mitigação das alterações climáticas.

O encerramento da sessão está previsto que fique a cargo de José Maria Costa, Secretário de Estado do Mar.

Este é um evento promovido pela Fundação Calouste Gulbenkian em parceria com a ANP WWF e o CCMAR.

Programa

16:45   Apresentação inaugural: carbono azul e o nexo oceano-clima

Carlos Duarte, King Abdullah University of Science and Technology

17:05   Painel de debate: Como promover o investimento em ecossistemas de carbono azul?

Filipa Saldanha, Fundação Calouste Gulbenkian 
Daniel Crockett, Blue Marine Foundation 
Rui Santos, Centro de Ciências do Mar, Universidade do Algarve
Carlos Elavai, The Boston Consulting Group

Moderação:
Catarina Grilo, Associação Natureza Portugal

17:50   Encerramento

José Maria Costa, Secretário de Estado do Mar

foto: Dimitris Poursanidis

Artigo anteriorFlecto angaria 1,2 milhões de euros para acelerar economia circular do retalho 
Próximo artigoConferência dos Oceanos de Lisboa: à procura de uma nova maré pelo ambiente

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of