Os CTT – Correios de Portugal inauguraram dia 21 de junho um novo Centro de Entrega 100% elétrico, desta vez na ilha da Graciosa, nos Açores. Na ‘Ilha Branca’, como é conhecida, a distribuição de correio e encomendas pelos CTT passa assim a ser efetuada sem recurso a emissão de poluentes, demonstrando o empenho da Empresa na adoção de uma convivência de respeito com a Natureza, enquanto continua a prestar o melhor serviço aos seus clientes.

Os CTT partilham algo essencial com as populações que é a proximidade, sendo a adoção de um posicionamento cada vez mais sustentável, nas suas várias vertentes, uma prioridade para a empresa. Com quase 1.800 domicílios, os CTT percorrem anualmente mais de 70 mil quilómetros na Graciosa, com uma frota adaptada às necessidades da Ilha, pelo que este investimento na mobilidade elétrica é mais uma prova do compromisso da empresa na transição para formas de transporte mais sustentáveis, uma ambição que pretendemos expandir a outros centros do Continente e Ilhas.

Nos Açores, os CTT estão presentes onde mais ninguém está e essa mais-valia permite aproximar as pessoas e as empresas destas regiões, reduzindo o isolamento geográfico imposto pela Natureza. Prova disso é a mais recente parceria estabelecida entre os CTT e a INSCO – Insular de Hipermercados, para fazer chegar aos destinos mais remotos dos Açores os envios das compras realizadas no novo Centro Comercial Online N9V.pt. Através deste contrato, os CTT asseguram que os envios resultantes destas vendas online chegam às ilhas de São Jorge, Graciosa, Flores e Corvo.

Além de todas as vantagens ambientais, a aposta nos veículos elétricos de uso profissional torna mais confortável a condução de carteiros e expedidores que percorrem diariamente vários quilómetros ao serviço dos CTT. Neste momento, contamos já com três Centros de Entrega totalmente elétricos: Arroios e Junqueira, em Lisboa, e em Porto Santo, na Madeira.

A eletrificação da frota assume um papel fundamental no desafio da transição energética de uma Empresa. Os CTT adjudicaram recentemente um lote de 73 veículos totalmente elétricos para reforçar vários dos seus Centros de Entrega, concretizaram a encomenda de 82 motociclos 100% elétricos e assinaram um acordo com a Citroën para a entrega de 160 AMI Cargo.

Artigo anteriorOrganizações de todo o mundo em Lisboa para lutar pelo oceano
Próximo artigo“Tomámos os oceanos como garantidos e hoje enfrentamos uma emergência”, diz Guterres

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of