A Universidade de Coimbra (UC) arranca o ano letivo de 2022/2023 com uma nova licenciatura em Gestão de Cidades Sustentáveis e Inteligentes, apoiada pelo Plano de Recuperação e Resiliência.

Lecionada no Departamento de Engenharia Civil, esta nova licenciatura foi criada de raiz, numa abordagem multidisciplinar que envolve as áreas das engenharias, da arquitetura e das ciências sociais, focando também as tecnologias digitais.

O objetivo desta nova licenciatura passa por promover a integração de aspetos tecnológicos com áreas de planeamento, urbanismo, transportes ou infraestruturas, procurando conferir aos futuros licenciados uma visão integrada da cidade e dos seus novos paradigmas.

Amílcar Falcão, Reitor da Universidade de Coimbra, refere que “o lançamento desta licenciatura, com a propina apoiada pelo PRR (50%), reflete a aposta da universidade em áreas que são emergentes e fundamentais para a evolução da sociedade. Esta nova licenciatura em Gestão de Cidades Sustentáveis e Inteligentes está alinhada com a crescente necessidade de criar cidades que sejam simultaneamente inteligentes e sustentáveis, que permitam responder aos inúmeros desafios que enfrentamos nos dias de hoje, como as alterações climáticas”.

Este lançamento tem como expetativa “a formação de uma nova geração de quadros que tenham a perceção da multidisciplinaridade dos problemas das cidades atuais”

O Reitor da Universidade de Coimbra acrescenta ainda que este lançamento tem como expetativa “a formação de uma nova geração de quadros que tenham a perceção da multidisciplinaridade dos problemas das cidades atuais, para que consigam futuramente encontrar estratégias e soluções para a criação de um novo meio urbano, que utilize a tecnologia para melhorar a sustentabilidade nas suas diversas vertentes, alinhado com o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 11 das Nações Unidades (Cidades e Comunidades Sustentáveis).”

No final do curso, os estudantes terão competências para integrar ou coordenar equipas na administração e serviços públicos, entidades gestoras de infraestruturas urbanas, empresas de gestão de mobilidade e transportes, serviços de mapeamento e informações geográficas, gestão ambiental ou em novas empresas focadas em serviços de dados geográficos e serviços tecnológicos para áreas urbanas.

Esclarece a UC que os estudantes que tenham interesse em ingressar nesta licenciatura poderão utilizar uma das seguintes provas no concurso: Matemática, ou Biologia e Geologia, ou Economia.

O Plano de Estudos dos três anos desta nova licenciatura pode ser consultado aqui.

Foto: Carlos Machado/Pexels.

Artigo anteriorNavios atracados em Kiel recebem energia de fontes renováveis
Próximo artigoApp da Miio passa a estar disponível em França

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of