A Kia, marca representada em Portugal pela Astara, está a desenvolver e a testar novos sistemas de aviso avançados, que alertam os condutores para perigos na estrada com base em dados obtidos em tempo real.

As novas funcionalidades têm vindo a ser testadas ao longo de três anos, no âmbito do projeto de Serviços de Prioridade à Segurança (Safety Priority Services, SPS), programa criado pelo governo dos Países Baixos.

O objetivo é aumentar a segurança na estrada e preparar a entrada em vigor da nova legislação da UE sobre esta matéria, que deverá entrar em vigor em 2025.

Em colaboração com a Hyundai, a TomTom, a ANWB, a Inrix e a Be-Mobile, a Kia está especialmente focada no potencial deste sistema para avisar os condutores da aproximação de veículos de serviços de emergência.

Tendo em conta a incerteza sentida por muitos condutores quanto à direção que vão tomar estas viaturas a partir do momento em que se ouve a respetiva sirene, o novo sistema de aviso oferece a grande vantagem de indicar qual o tipo de veículo de emergência que se aproxima e a direção que está a tomar. A nova funcionalidade foi pensada para identificar inicialmente ambulâncias, seguindo-se outros tipos de viaturas.

Em desenvolvimento estão também outros avisos, capazes de alertar os condutores para perigos adicionais do quotidiano, sobretudo situações inesperadas que acarretem potenciais riscos. Exemplo é a aproximação de veículos a circular em sentido contrário, ruas fechadas ao trânsito e engarrafamentos presentes na rota, cuja existência não seria evidente.

Esta funcionalidade será uma importante adição ao conjunto de avisos atualmente disponibilizados pelos sistemas de infotainment dos modelos da Kia, que já alertam para obstáculos na estrada, trabalhos na via, acidentes e previsão de condições climatéricas extremas.

Embora os critérios exatos careçam de validação prévia por parte do governo dos Países Baixos, a Kia pretende incluir estes avisos adicionais nos sistemas de infotainment já incorporados nos seus modelos, procurando evitar distrações dos condutores através do aperfeiçoamento dos avisos sonoros, visuais e táteis.

Os avisos não exigirão qualquer ação do condutor para serem emitidos e não implicam tirar as mãos do volante durante a condução.

Ao longo do programa de testes, a Kia fornecerá informação sobre a qualidade dos dados, tendo em vista um constante aperfeiçoamento do sistema.

“Atualmente, 98% dos condutores utilizam informações digitais durante a condução. Além disso, diversos ensaios e projetos demonstram que o fornecimento de avisos durante a condução tem um efeito positivo para a segurança na estrada. Gostaria de acolher estes desenvolvimentos, em parte porque os condutores de automóveis e camiões, por exemplo, afirmam dar grande valor a estes avisos e confiar neles cada vez mais. É por essa razão que vamos agora iniciar a nossa colaboração com seis organizações, garantindo que estas fornecem as informações certas aos condutores em plena segurança”, refere o ministro das Infraestruturas e da Gestão da Água dos Países Baixos, Mark Harbers.

Artigo anteriorEuropcar reforça frota elétrica com Tesla
Próximo artigoAqua Village, um caso prático de turismo sustentável

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of