O Hyundai Motor Group anunciou o lançamento do Boston Dynamics AI Institute, entidade criada com o principal objetivo de contribuir para o progresso de áreas como a Inteligência Artificial (IA), robótica e máquinas inteligentes.

O Hyundai Motor Group e a Boston Dynamics farão um investimento inicial de mais de 400 milhões de dólares na construção do novo Instituto, que será liderado por Marc Raibert, fundador da Boston Dynamics.

Tendo como prioridade a área da investigação, o Instituto vai trabalhar na resolução dos principais desafios associados ao desenvolvimento de robots avançados.

A sede do Instituto será no centro da comunidade de investigação da Kendall Square em Cambridge, Massachusetts, nos EUA.

Com talento de topo em IA, robótica, informática, machine learning e engenharia, a entidade vai desenvolver tecnologia para robots e utilizá-la para fazer avançar as suas capacidades e utilidade.

A cultura do Instituto foi concebida para combinar as melhores caraterísticas dos laboratórios de investigação universitários com as dos laboratórios de desenvolvimento empresarial, trabalhando em quatro áreas técnicas fundamentais: IA cognitiva, IA atlética, design de hardware orgânico, bem como ética e política.

“A nossa missão é a de criar futuras gerações de robots avançados e máquinas inteligentes que sejam mais inteligentes, ágeis, percetivas e seguras do que tudo o que existe atualmente”, afirmou Marc Raibert, Diretor Executivo do Boston Dynamics AI Institute.

“A estrutura única do Instituto – com talentos de topo focados em encontrar soluções fundamentais com financiamento sustentado e excelente apoio técnico – vai ajudar-nos a criar robôs mais fáceis de usar, mais produtivos, capazes de executar uma maior variedade de tarefas e que sejam mais seguros a trabalhar com pessoas”, diz Raibert.

Para alcançar tais avanços, o Instituto vai investir recursos nas áreas técnicas de IA cognitiva, IA atlética e design de hardware orgânico, com cada disciplina a contribuir para o progresso das capacidades das máquinas avançadas.

Para além de desenvolver tecnologia com o seu próprio pessoal, o Instituto planeia estabelecer parcerias com universidades e laboratórios de investigação empresariais.

O Instituto planeia contratar investigadores de IA e robótica, engenheiros de software e hardware e técnicos a todos os níveis.

Para além da criação do Instituto, o Hyundai Motor Group anunciou ainda que pretende estabelecer um Centro Global de Software, com o objetivo de liderar o desenvolvimento das suas capacidades e tecnologias de software e melhorar as suas competências para avançar no desenvolvimento de Veículos Definidos por Software (SDVs).

O Centro será estabelecido com base no 42dot, um software autónomo de condução e plataforma start-up de mobilidade recentemente adquirida pelo Grupo

Artigo anteriorOtovo disponibiliza subscrição mensal de energia solar
Próximo artigoVeículos autónomos em destaque em conferência no CCB

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of