A Voltalia ganhou um contrato por diferença (CfD, do inglês Contracts for Difference) para construir dois parques solares em Clifton e Higher Stockbridge, no recente leilão Allocation Round 4 (AR4), no Reino Unido.

Os contratos têm uma abrangência de 20 anos, com os dois projetos fotovoltaicos a terem, cada um, uma capacidade de 45 megawatts no ano de entrega 2024/2025. A totalidade da capacidade de produção de energia destes parques solares será de 90 megawatts.

Após a adjudicação do contrato, a Voltalia lançou de imediato a construção dos dois parques solares, Clifton Solar e Higher Stockbridge Solar.

Ambos os projetos estão localizados em Dorset: a central fotovoltaica de Clifton Farm situa-se perto de Yeovil e a unidade de produção de energia de Higher Stockbridge encontra-se localizada nas proximidades de Sherbourne.

Juntos, os dois parques solares irão gerar a quantidade equivalente de energia limpa e renovável consumida por mais de 50.790 habitantes no Reino Unido por ano.

No Reino Unido, a Voltalia possui agora um portfólio de cinco instalações solares e de armazenamento em operação e construção com uma capacidade total de 179 megawatts.

O seu histórico no país também inclui a construção e operação para clientes terceiros de 23 projetos de energia solar e armazenamento, totalizando 195 megawatts.

“Estamos muito satisfeitos por termos recebido os contratos Clifton e Higher Stockbridge CfD de 90 megawatts. Esta última vitória destaca o nosso compromisso com o mercado do Reino Unido e o nosso apoio à ambição do país de ver 95% da eletricidade a ser proveniente de baixo carbono até 2030”, salienta Sébastien Clerc, CEO da Voltalia.

“Esses projetos demonstram que os projetos solares podem ser implantados rapidamente, o que pode contribuir para o reequilíbrio do mercado de energia”, refere Sébastien Clerc, CEO da Voltalia.

A presença da Voltalia no Reino Unido

Presente no Reino Unido desde 2012, a Voltalia construiu e operou 22 centrais solares para clientes terceiros com capacidade total de 193 megawatts.

Em 2017, a Voltalia também foi responsável pela construção de uma unidade de armazenamento de bateria de iões de lítio com capacidade de 2 megawatts/2,4 megawatts para um cliente terceirizado.

Como geradora de energia renovável, a Voltalia possui diversas centrais fotovoltaicas (em operação ou construção) com capacidade total de 179 megawatts.

A Voltalia recebeu um contrato de venda de energia de 15 anos com a City of London Corporation em 2020, que será produzido pela central solar South Farm, atualmente em construção. Com capacidade de 49,9 megawatts, esta central está localizada em Spetisbury, Dorset.

A Voltalia também possui e opera a central de energia solar Tonge, que está em operação desde 2016. Com capacidade de 7,3 megawatts, esta unidade está localizada em Sittingbourne, Kent.

Além disso, a Voltalia possui e opera o Hallen Battery EnergyStorage System (BESS), uma unidade de armazenamento de bateria de iões de lítio de 32 megawatts/ 32 megawatts-hora localizada perto da cidade de Bristol, na área de Avonmouth.

“Após o contrato de venda de energia solar de 49,9 megawatts para a City of London Corporation em 2020 e o armazenamento Hallen BESS de 32 megawatts / 32 megawatts-hora central elétrica em 2021, estes mais recentes projetos permitem-nos fortalecer ainda mais a nossa posição no Reino Unido, um dos principais mercados de energia renovável do mundo”, acentua Sébastien Clerc, CEO da Voltalia.

Artigo anteriorMonte Real acolhe Seminário de Ambiente e Desenvolvimento Sustentável
Próximo artigoNOS oferece minutos para clientes utilizarem em trotinetes

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of