A Volvo vai revelar no dia 9 de novembro o seu novo modelo porta-estandarte e sucessor do atual XC90: o EX90. O SUV é 100% elétrico e representa o início de uma nova era para a marca, dado que estreia um novo tipo de designação para os futuros modelos (em que a letra E quer dizer “elétrico”), uma nova plataforma e tecnologias que levam o construtor a referir-se a este Ex90 como o Volvo mais seguro de sempre.

Entre os destaques principais em matéria de segurança que o EX90 disponibilizará, Jim Rowan, CEO da Volvo Cars referiu duas vertentes, numa transmissão para todo o mundo através do Youtube: segurança exterior e segurança interior.

Combinadas, estas tecnologias de deteção darão ao Volvo EX90 “um escudo de segurança invisível” que permitirá “ao automóvel compreender o estado de espírito do condutor e o mundo ao seu redor”.

Segurança exterior

Em termos de segurança exterior, a grande novidade é a incorporação de um pack composto por oito câmaras, 16 sensores ultrassónicos e um sensor LiDAR.

“Tecnologia que não fica cansada, que não se distrai e que está sempre disponível”, refere o construtor.

LiDAR – Light Detection and Ranging é um método de deteção remoto que utiliza a luz sob a forma de um laser pulsado para medir gamas com alta precisão e fiabilidade. É capaz de detetar não só a estrada em frente, de dia ou de noite, como também pequenos objetos, centenas de metros à frente, dando tempo para informar, para atuar e para evitar.

Segundo a marca, é capaz de ver, por exemplo, peões até 250 metros de distância e algo tão pequeno e tão escuro como um pneu numa estrada 120 metros à frente mesmo em velocidades de autoestrada.

Com o LiDAR, a Volvo diz que a inclusão de LiDAR num automóvel pode reduzir os acidentes com gravidade até 20% e proporcionar uma prevenção global até 9%.

Incorporado na linha de tejadilho do EX90 (sensivelmente na mesma zona onde os táxis têm as luzes no teto) para garantir uma bisão a 360º, a Tecnologia LiDAR fará parte dos futuros modelos da Volvo.

A visão do LiDAR à noite

Segurança interior

Em termos de segurança interior, a Volvo irá estrear no EX90 o Driver Understanding System, como equipamento de série. Consiste num sistema que pretende criar “um escudo de proteção invisível para o condutor que estará sempre disponível para ajudar e para intervir sempre que este necessite de ajuda”.

“A distração, a preocupação, a sonolência ou qualquer outro estado que afete o ser humano podem ter impacto na condução, até para os melhores condutores”, lembra a marca nórdica.

“A nossa investigação mostra que podemos dizer muito sobre o estado do condutor através de uma observação simples do seu olhar e da frequência com que fecha os olhos. Baseando os seus cálculos nos resultados da nossa investigação, o novo sistema de deteção permite que os nossos automóveis identifiquem se a capacidade do condutor é prejudicada, talvez devido a sonolência ou distração e oferecer uma assistência extra da forma que melhor se adapte à situação”, afirma Emma Tivesten, Senior Technical Expert, Volvo Cars Safety Center.

O sistema utiliza duas câmaras que são capazes de detetar sinais precoces de que o condutor não estará nas suas melhores condições, através da observação dos seus padrões do olhar.

Ao medir quanto tempo o condutor olha para a estrada, permitindo variações naturais, o sistema compreenderá quando os olhos, e talvez a mente, estejam focados noutro lugar que não a condução.

Ao utilizar a sua tecnologia patenteada para a deteção, em tempo real, de padrões de visão e comportamento da direção, o Volvo EX90 será capaz de tomar as medidas adequadas para ajudar o condutor quando necessário.

A assistência pode começar com um simples sinal de aviso que cresce em volume com a gravidade da situação. Se o condutor não responder a avisos cada vez mais claros, o EX90 poderá mesmo parar em segurança à beira da estrada, enviando um aviso aos outros utentes com as suas luzes de perigo.

“Nas últimas décadas, conseguimos fazer grandes progressos ao nível da deteção exterior graças ao trabalho realizado em sistemas de prevenção de colisão. A deteção interior é uma das próximas fronteiras de segurança para a Volvo. Iremos continuar a aprender, a desenvolver e a implementar novas funcionalidades de uma forma gradual, ajudando a melhorar a segurança à medida que os nossos conhecimentos aumentam e amadurecem”, sublinha Thomas Broberg – Acting Head – Volvo Cars Safety Centre.

Segundo a Volvo, a tecnologia de segurança para o interior (bagageira incluída) será capaz ainda de detetar movimento, respiração e temperatura, como forma de prevenir acidentes trágicos envolvendo crianças e até animais que ficam fechados dentro dos veículos sujeitos a altas temperaturas, acabando por falecer.

Num cenário em que o habitáculo está demasiado quente e o veículo deteta a presença de um ser vivo no seu interior, o Ar Condicionado é automaticamente ligado, sendo ainda enviada uma notificação para a App do condutor.

Nas próximas semanas, a marca irá revelar mais informações sobre este novo EX90.

Artigo anteriorAEPF instala primeira Comunidade de Energia Renovável em Paços de Ferreira
Próximo artigoIveco torna-se elétrica com a nova eDaily

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of