O BPI assessorou o LIDL na estruturação de uma operação de financiamento sustentável de 50 milhões de euros com maturidade em 2027.

A operação está alinhada com as condições estabelecidas pelos “Princípios de Crédito Ligados à Sustentabilidade” (“Sustainability Linked Loan Principles”) e está indexada ao objetivo de melhoria do rating ESG (Environmental, Social and Corporate Governance).

Com esta operação, o LIDL consolida a ligação entre o seu custo de financiamento e o desempenho do Grupo Schwarz, ao qual pertence, a nível da sustentabilidade, reforçando e demonstrando a sua relevância estratégica e o compromisso, a todos os níveis, em atingir metas best in class em indicadores ESG.

A Sustentabilidade e a Responsabilidade Social Corporativa fazem parte do ADN do Lidl, sendo um princípio orientador que leva, todos  os dias, a que a empresa procure cumprir a sua promessa de máxima qualidade ao melhor preço, sempre com o cuidado pelo planeta, pela comunidade em que se insere e pelas pessoas, ao longo de toda a sua cadeia de valor.

O BPI, no âmbito do novo Plano Diretor de Sustentabilidade, pretende atingir a meta de quatro mil milhões de euros em volume de negócios sustentável até 2024. Deste total, o BPI pretende mobilizar dois mil milhões de euros para financiamento sustentável, através do impulso de novos produtos ESG, assessoria e formação para apoiar as empresas na transição e gerar dois mil milhões em gestão de ativos.

Artigo anteriorBiodiversidade e qualidade dos solos vigiada por cientistas na área de intervenção de central fotovoltaica
Próximo artigo37,4 megawatts de vento em França pela mão da Voltalia

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of