Os atuais problemas no abastecimento de energia estão a provocar grandes aumentos no preço da eletricidade e do gás. Esta situação está a fazer com que a produção de energia renovável se revele mais importante do que nunca, particularmente à luz do atual contexto, fortemente marcado por objetivos nacionais, europeus e globais de redução consumo energético dos edifícios com vista ao combate às alterações climáticas. Consciente de tudo isto, a Sto, empresa internacional especializada no fabrico de sistemas e produtos de construção sustentável, acaba de lançar uma nova geração de fachadas ventiladas que permitem a produção integrada de eletricidade verde: StoVentec Photovoltaics Inlay.

Baseado em módulos fotovoltaicos monocristalinos emoldurados, este sistema não simplesmente isola termicamente o edifício, mas também o transforma num gerador de eletricidade de alto desempenho, superando em quase 40% a eficiência dos modelos utilizados até agora. Ao mudar a tecnologia dos módulos, a relação preço-desempenho também é significativamente melhorada.

José Neves, responsável pela Sto Ibérica Portugal explica que, “apesar de os sistemas fotovoltaicos de fachada poderem apresentar um rendimento total anual inferior aos painéis de cobertura, têm a grande vantagem de se adaptarem melhor à procura sazonal, já que o desempenho, comparado com as demais soluções, é maior nos meses mais frios, do outono à primavera, quando o sol está mais baixo. Além disso, a superfície útil da fachada geralmente é maior que a do telhado, especialmente em edifícios altos. Portanto, StoVentec Photovoltaics Inlay é a melhor solução para reduzir o consumo energético dos edifícios”.

Este novo sistema desenvolvido pela Sto é constituído por uma camada de isolamento de lã de rocha e uma subestrutura com perfis patenteados na qual se inserem os módulos fotovoltaicos de vidro duplo. Com potência nominal de 305 Wp e no formato 1668 × 994 mm, os módulos são encapsulados em preto e possuem moldura preta o que, juntamente com o fato de os conectores das células serem da mesma cor, garante uma aparência homogénea sem comprometer o design.

O inovador sistema StoVentec Photovoltaics Inlay tem muitas outras vantagens. Isola a envolvente, melhora o valor de isolamento acústico em até 12 dB (A), garante proteção contra humidade e é ainda permeável à difusão de vapor. Tem também um comportamento ao fogo B-s1, d0 (dificilmente inflamável), de acordo com a norma EN 13501-1. Para além de tudo isto, oferece ainda uma grande liberdade de design da fachada, permitindo o alinhamento dos módulos em formato vertical ou horizontal e sendo facilmente combinável com diversos outros sistemas e acabamentos Sto.

Além disso, tal como todas as soluções e produtos comercializados pela Sto, este sistema atende aos mais altos padrões de sustentabilidade graças à geração de energia, reciclabilidade e durabilidade. A energia necessária para fabricar os módulos fotovoltaicos é amortizada nos primeiros anos de uso. Mesmo no final de sua vida útil, os módulos fotovoltaicos são recuperados e utilizados na fabricação de outros produtos como parte da economia circular.

Artigo anteriorGarland aumenta parque fotovoltaico em mais de 160% até final do ano
Próximo artigoVW ID.5 chega agora a Portugal. O que esperar deste SUV Coupé?

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of