Num painel organizado pelo Bavarian Media Group, Markus Duesmann, CEO da Audi, falou sobre a sua visão de mobilidade sustentável, bem como os desafios atuais. Ao lado de Carsten Spohr (Lufthansa) e Joe Kaeser (Siemens Energy), Duesmann respondeu a perguntas do moderador Gabor Steingart.

Para o CEO da Audi, a “situação global sublinha as necessidades da indústria e da sociedade como um todo se afastarem dos combustíveis fósseis ainda mais rápido do que o planeado. A expansão das energias renováveis e a transição para a mobilidade elétrica são os principais passos no nosso caminho em direção a uma sociedade com base na energia elétrica.”

Da esquerda para a direita: Joe Kaeser (Siemens Energy), Markus Duesmann, CEO da Audi, Carsten Spohr (Lufthansa) e o moderador Gabor Steingart

Nesta “mesa-redonda“, Markus Duesmann refere que “a tarefa da nossa geração é garantir que as gerações futuras são capazes de sobreviver sem combustíveis fósseis. Para atingir esse objetivo, precisamos de inovações tecnológicas agora.”

Sobre mobilidade elétrica, o nº1 da Audi chama a atenção para o facto de que os veículos elétricos entrarem “na fase de uso com uma pegada de carbono maior, porque a sua produção é mais intensiva em energia. É aí que nos concentramos na redução das emissões de carbono em todo o ciclo de vida do produto. Por exemplo, através da produção sem emissões ou do uso de energia verde em produção de baterias. A disponibilidade de energia renovável é, portanto, outro fator crucial na determinação de quão ‘verde’ a mobilidade elétrica é.”

“Se estamos a falar de mobilidade elétrica nos transportes, combustíveis elétricos na aviação ou hidrogénio em camiões, precisamos de definir prioridades claras na tecnologia. Por outras palavras, precisamos de uma compreensão em toda a indústria de como cada setor vai aproveitar a tecnologia para alcançar a neutralidade de carbono geral”, referiu ainda o responsável germânico da Audi.

Artigo anteriorPortugal Smart Cities Summit foi palco das soluções para cidades do futuro
Próximo artigoVárias organizações pela justiça climática lançam uma coligação de ação

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of