A Cooltra lançou o seu primeiro serviço de “e-bikes” por subscrição – tanto para particulares como para profissionais – em Portugal, Espanha e Itália.

A empresa oferece agora em cidades como Lisboa, Porto, Madrid, Barcelona, Valência, Roma ou Milão, o seu novo serviço de aluguer de bicicletas elétricas, por períodos de um mês, seis meses e um ano. Durante o primeiro trimestre de 2023, o número de veículos destinados a esta área de negócio será de 250, com o objetivo de aumentar a frota, progressivamente.

Utilização da bicicleta continua a crescer em Lisboa

Na Europa, circular de bicicleta tornou-se a opção preferida dos cidadãos. Em Portugal e mais concretamente em Lisboa, sabe-se que a utilização da bicicleta cresceu 25% e mais de um quarto das bicicletas em circulação é de uso partilhado (27%), segundo refere um relatório realizado pelo Instituto Superior Técnico para a Câmara Municipal de Lisboa.

Para o lançamento deste novo serviço, a Cooltra conta com um modelo de “e-bike” que, de acordo com a empresa, proporciona conforto e segurança aos seus utilizadores nas grandes cidades, adaptado tanto em estradas principais como em ruas interurbanas estreitas.

Desde 59€ por mês, os utilizadores da Cooltra podem dispor, em exclusividade, de um veículo da marca Askoll modelo eB4, com um motor de 250W, com autonomia até 80 km e bateria extraível frontal com carregador.

Tem também um selim ergonómico, garfo amortecedor, rodas de 28″, uma estrutura robusta e luzes LED dianteiras e traseiras. Para aqueles utilizadores que queiram dar-lhe um uso profissional, têm também a opção de instalar uma mala de entrega na parte posterior.

“Os portugueses apostam cada vez mais em modelos de mobilidade sustentável sem restrições, através do pagamento por uso. Numa cidade com as características orográficas de Lisboa não nos surpreende a crescente adesão às bicicletas elétricas. As empresas devem ter em conta os novos formatos e as novas tendências do mercado, e com o lançamento do nosso novo serviço de ‘e-bikes’ por assinatura resolvemos a necessidade de um deslocamento confortável, seguro, ágil e sustentável daquelas pessoas que não têm ou não querem dispor de um veículo próprio”, afirma Luís Cancela, regional manager da Cooltra em Portugal.

Artigo anteriorQueijos Santiago vai instalar painéis fotovoltaicos
Próximo artigoAlterações climáticas: qual o nível de desempenho de cada país?

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of