A Toyota apresentou um novo capítulo na história do Prius, com a revelação da quinta geração do modelo, com potência melhorada através de uma bateria de maior capacidade.

Um motor elétrico mais potente e um motor de dois litros produzem uma potência combinada de 223 cv (164 kW). A plataforma GA-C de segunda geração da Toyota New Global Architecture (TNGA), reduz o peso e aumenta a rigidez. Um centro de gravidade mais baixo é obtido com a colocação da bateria e do tanque de combustível.

O motor TNGA 2.0l produz 148 cv (111 kW) que combina com um novo conjunto elétrico dianteiro e caixa híbrida compacta com 160 cv (120 kW) para uma potência total do sistema de 223 cv (164 kW). Isto compara com os 122 cv (90 kW) de potência combinada da geração atual na configuração Híbrida Plug-in.

Com o objetivo de permitir que a maior parte da condução diária seja realizada em modo EV, a autonomia EV foi aprimorada, sendo 50% maior que a geração atual, graças a uma nova bateria de iões de lítio de 13,6 kWh, informa a marca.

Células de maior densidade de energia permitem a otimização de espaço e, portanto, a bateria é compacta o suficiente para ser instalada sob o banco traseiro, baixando o centro de gravidade.

Na busca pela máxima eficiência, energia limpa também pode ser gerada com o opcional tejadilho solar.

A forma de cunha do Prius evoluiu, adotando linhas mais modernas. A altura total foi reduzida em 50 mm, movendo o pico do teto para trás e adotando jantes e pneus de maior diâmetro, até 19 polegadas.

A distância entre eixos é 50 mm mais longa, em comparação com a geração anterior. Ao mesmo tempo, o comprimento total foi reduzido em 46 mm. O Prius PHEV é agora mais largo em 22 mm em relação ao seu antecessor.

A 5ª geração do Prius chega a Portugal no fim do 1º semestre de 2023.

Artigo anteriorGrupo Velux vai construir dois parques solares no sul de Espanha
Próximo artigo“Blue Friday” vem aí como contraponto à “Black Friday”

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of