Ao abrigo do pacote NextGeneration, abriram as candidaturas para aquisição e instalação de painéis fotovoltaicos nas explorações agrícolas e em unidades agroindustriais.

Estes apoios contam com um reforço global de 46 milhões de euros, “permitindo desta forma dar resposta ao compromisso assumido e aumentar a taxa de apoio aos agricultores”, aponta o Governo.

A abertura destes avisos de candidaturas visa dotar as explorações agrícolas, as unidades agroindustriais e os aproveitamentos hidroagrícolas de capacidade de produção de energia solar fotovoltaica face às suas necessidades, contribuindo para a sua autossuficiência, modernização e descarbonização do setor por via da redução da utilização de combustíveis fósseis.

O Governo anuncia ainda que, até ao final do ano de 2022, será ainda aberto novo aviso, com uma dotação de 1,5 milhões de euros, especificamente para reforço da sustentabilidade energética dos aproveitamentos hidroagrícolas.

Valores elegíveis para apoio

De acordo com o regulamento, os projetos de investimento candidatos à Operação 3.3.2 “Pequenos investimentos na transformação e comercialização de produtos agrícolas”, podem beneficiar do apoio desde que tenham um custo total elegível, apurado em sede de análise, igual ou superior a €10.000 e inferior ou igual a €200.000.

Já os projetos de investimento candidatos à Operação 3.2.2, “Pequenos Investimentos na exploração agrícola” podem beneficiar do apoio desde que tenham um custo total elegível, apurado em sede de análise, igual ou superior a €1000 e igual ou inferior a €50.000.

O custo total elegível é determinado pelo produto do custo unitário, o qual corresponde a 1,35€/watt, pela potência total instalada dos painéis fotovoltaicos a adquirir (kWp).

Artigo anteriorElétricos dominam finalistas do Carro do Ano 2023
Próximo artigoMarita Moreno abre sustainable concept store no Porto

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of