O júri do prémio Carro Europeu do Ano (“Car Of The Year” – COTY) anunciou os sete modelos finalistas que irão competir este ano pelo prémio mais importante da indústria automóvel. Dos sete veículos de onde sairá o grande vencedor, cinco são elétricos ou têm versões 100% elétricas.

Os finalistas desta edição são os Battery Electric Vehicles Jeep Avenger, Nissan Ariya, Volkswagen ID. Buzz e a dupla formada pelos gémeos Subaru Solterra/Toyota bZ4X. Os restantes modelos – não elétricos – que compõem os sete finalistas são Renault Austral, Kia Niro e Peugeot 408 (que mais à frente terá uma versão totalmente elétrica).

O Kia Niro tem uma variante 100% elétrica.

O Peugeot 408 e o Renault Austral contam com motorizações híbridas plug-in.

O automóvel vencedor do título “Carro do Ano 2023” será anunciado a 13 de janeiro no Salão Automóvel de Bruxelas, o que será a primeira vez que aí decorre, já que habitualmente era o Salão de Genebra, na Suíça, a ser o palco deste anúncio.

Ao todo serão os 60 jornalistas de 23 países que compõem o elenco do júri do “Carro do Ano“, entre os quais se conta o português Francisco Mota, colaborador do Welectric, que terão a missão de eleger o sucessor do Kia EV6, Carro do Ano 2022.

Artigo anteriorDisney Cruise Line compra navio movido a metanol
Próximo artigoApoio para instalação de painéis solares em explorações agrícolas

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of