A Toyota Motor Manufacturing do Reino Unido (TMUK) vai receber um financiamento do governo do Reino Unido através do Centro de Propulsão Avançada (APC) para o desenvolvimento de veículos com emissões zero.

O projeto abrange especificamente o desenvolvimento de um protótipo Toyota Hilux movido a pilha de combustível de hidrogénio.
Em colaboração com outros parceiros – nomeadamente Ricardo, ETL, D2H e Thatcham Research -, o objetivo do projeto é adotar componentes de pilha de combustível Toyota de segunda geração (como os usados no mais recente Toyota Mirai) para a transformação de uma Hilux num veículo elétrico a pilha de combustível (FCEV).

A mais recente tecnologia de pilha de combustível de 2ª geração da Toyota será usada para a transformação.

Enquanto a TMUK está a liderar o projeto, uma equipa de P&D da Toyota Motor Europe (TME) fornecerá suporte técnico especializado para permitir que as equipas do Reino Unido adquiram a sua própria experiência e autossuficiência para desenvolver tecnologias de propulsão a hidrogénio da próxima geração.

A produção dos primeiros protótipos do veículo comercial elétrico a hidrogénio está prevista já em 2023 e será feita na fábrica da TMUK, em Burnaston.

“Depois dos testes de desempenho terem sido concluídos com êxito, agora há que preparar a produção em pequenas séries. Este projeto representa uma excelente oportunidade para investigar uma aplicação adicional da tecnologia de pilha de combustível da Toyota num segmento de veículos que é fundamental para vários grupos nesta indústria e ajudará a apoiar o movimento do setor em direção à descarbonização”, afirma a marca.

“O Reino Unido é um dos principais mercados de pick-ups e é um mercado importante para a Toyota. Este financiamento representa uma tremenda oportunidade para que seja desenvolvida uma solução de emissões zero num segmento de mercado crítico. Gostaríamos de agradecer ao governo do Reino Unido pelo financiamento que permitirá ao consórcio investigar o desenvolvimento de um sistema de propulsão movido a pilha de combustível para a Toyota Hilux, apoiando a nossa ambição de alcançarmos a neutralidade de carbono”, comentou Matt Harrison, Presidente e CEO da Toyota Motor Europe.

Artigo anterior7 dicas para otimizar a carga do veículo elétrico no inverno
Próximo artigoUE/Angola: primeiro acordo de facilitação do investimento sustentável

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of