Responsável pela edificação dos famosos e premiados Passadiços de Paiva, entre dezenas de outros passadiços de norte a sul do país, a Carmo Wood foi uma das empresas selecionadas pela Câmara Municipal da Guarda para a construção dos Passadiços do Mondego, uma desafiante obra que se encontra agora concluída e aberta ao público. 

Este recanto de Portugal está agora acessível a todos graças a um total de 6,7km de construção em madeira, entre escadas, pontes e passagens diversas, num percurso de beleza ímpar ao longo do Rio Mondego e de dois afluentes, o Ribeiro do Barrocal e o Rio Caldeirão.

A par com a conclusão da obra dos Passadiços do Mondego, a Carmo Wood anuncia ainda a construção de dois novos passadiços, em Pombal e em Vale de Cambra, obras que tornam acessíveis a natureza escondida do território nacional, até agora inalcançável. 

O corredor ribeirinho do Arunca, uma obra da Câmara Municipal de Pombal, é um percurso pedonal, construído na sua grande parte em madeira, que permite acesso às propriedades agrícolas, serve como circuito de manutenção à população e também é adaptado a bicicletas. O percurso e a sua implantação possibilitam o usufruto da natureza, sendo ao mesmo tempo uma presença discreta e integrada na paisagem envolvente.

Situado junto à Cascata do Poço do Linho de Paraduça, está um outro passadiço construído pela Carmo Wood, uma obra da Câmara Municipal de Vale de Cambra, que une duas das maiores atrações da freguesia de Arões. O novo percurso, composto por plataformas e escadas em madeira, permite apreciar a queda de água, a lagoa e a zona verde envolvente.

“A conclusão, com sucesso, destas grandes obras, atesta uma vez mais a qualidade e expertise da nossa equipa na construção deste tipo de estruturas de grande porte e cujo acesso condiciona bastante os trabalhos. É um privilégio podermos erguer estes passadiços e ajudar a revelar alguns dos segredos mais bem guardados de Portugal”, afirma Jorge Milne e Carmo, presidente da Carmo Wood.

Artigo anteriorHyundai Kauai de aspeto mais futurista chega em 2023
Próximo artigoFormação de motoristas de veículos pesados permitiu reduzir emissões em 14%

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of