O que podemos fazer para combater a escassez da água? Foi este o mote para os alunos do ensino secundário, de 80 municípios da região Norte, darem asas à sua imaginação e criarem vídeos quem visem sensibilizar para a importância da água nas nossas vidas. O concurso “Não fiques à seca!” foi promovido pela Universidade Católica no Porto, em parceria com a Águas do Norte, S.A., a Águas do Douro e Paiva e a SIMDOURO – Saneamento do Grande Porto e distinguiu os melhores vídeos feitos em equipa e a título individual.

O concurso “Não fiques à seca!”, esteve em linha com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) – Água Potável e Saneamento (ODS6) e Ação Climática (ODS13), e foi pensado para dar a oportunidade a todos os estudantes do ensino secundário, do 10.º, 11.º e 12.º ano e de qualquer área científica, de, através da sua criatividade e competências de comunicação, proceder à realização de um vídeo com uma duração máxima de três minutos, através do qual possam transmitir uma mensagem clara, baseada em informação credível e rigorosa, mas ao mesmo tempo criativa e assertiva, cumprindo o objetivo de sensibilizar para a importância e preservação da água.

O concurso contou com a participação de mais de 60 vídeos, tendo o respetivo júri selecionado os melhores nas categorias de vídeo de equipa e a título individual. Desta forma, na categoria de equipa, o 1.º prémio foi atribuído aos estudantes da Escola Secundária Camilo Castelo Branco, em Vila Real; o 2.º prémio aos estudantes da Escola Secundária de Monserrate, em Viana do Castelo; e o 3.º prémio à Escola Secundária Padre Benjamim Salgado, em Vila Nova de Famalicão. Já na categoria individual, o 1.º prémio foi atribuído a um aluno da Escola Básica e Secundária Arqueólogo Mário Cardoso, em Guimarães; o 2.º lugar a uma aluna da Escola Secundária Eça de Queirós, da Póvoa de Varzim; e em 3.º lugar a uma aluna da Escola Secundária de Lousada.                                                                              

O principal objetivo desta iniciativa foi não só o de alertar os cidadãos de todas as idades, apelando à mudança de comportamentos e hábitos de consumo, como também fomentar uma maior consciência cívica sobre a importância da eficiência hídrica. O concurso foi promovido pela Universidade Católica no Porto, em parceria com as empresas Águas do Norte, Águas do Douro e Paiva e SIMDOURO – Saneamento do Grande Porto.

A cerimónia pública de entrega dos prémios e apresentação dos trabalhos decorrerá no início de 2023, em data a anunciar. Mais informações sobre o concurso disponíveis em Concurso: Não fiques à seca | Universidade Católica Portuguesa no Porto (ucp.pt)

Artigo anteriorV2G torna elétricos produtores de energia
Próximo artigoElétricos estão ao mesmo preço ou mais competitivos que veículos a gasolina e Diesel

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of