A Ecoinside, uma empresa de desenvolvimento de soluções para um futuro mais sustentável, anuncia a criação da primeira rede de Carregadores Elétricos low-cost, um marco revolucionário no âmbito da mobilidade elétrica em Portugal.

A solução desenvolvida pela Ecoinside visa promover a mobilidade elétrica, e disponibilizará, postos de carregamento semirrápidos com tarifas acessíveis sendo, pelo menos, 50% inferiores aos valores médios que atualmente vigoram na região, representando uma poupança significativa.

“Esta iniciativa pioneira em Portugal, representa um passo significativo na democratização do acesso à mobilidade elétrica, promovendo a transição energética de forma acessível, resultando um serviço de carregamento rápido e de preço reduzido”, explica a empresa em comunicado.

Como contexto, o aumento de utilização da energia elétrica está, naturalmente, associado à procura da redução das emissões de carbono. Estando a Ecoinside alinhada, no seu eixo de ação, e comprometida em tornar a transição para veículos elétricos mais acessível e prática para todos, contribuindo, para a construção de um futuro mais sustentável.

Principais Características da Rede Ecoinside Low-Cost;

• Preços Competitivos: a Ecoinside implementará uma tarifa reduzida, representando uma poupança superior a 50% para o utilizador, quando comparada com os valores praticados atualmente na região, de modo a tornar o carregamento acessível a todos os condutores de veículos elétricos.

• Localização Estratégica: os carregadores estarão estrategicamente localizados em pontos chave da cidade de Matosinhos, nomeadamente em áreas urbanas e rodoviárias, de modo a garantir fácil acesso e conveniência.

• Tecnologia de Ponta: equipados com tecnologia de última geração, os carregadores Ecoinside garantem um carregamento rápido, eficiente e seguro.

Daniel Sousa, CSO/CMO da Ecoinside, expressa entusiasmo na anunciação do projeto: “Estamos entusiasmados por trazer este projeto para Matosinhos. Ao introduzir a primeira Rede de Carregadores Elétricos “low-cost”, em Portugal, a Ecoinside consolida o seu compromisso com a inovação sustentável. Esta iniciativa é mais um passo firme em direção a um futuro de mobilidade mais ecológica e acessível a todos”, afirma Daniel Sousa, precisamente no mesmo mês em que a empresa comemorou os seus 18 anos de existência.

Além disso, acrescenta que “os condutores de veículos elétricos terão acesso a uma rede de carregadores elétricos a preços acessíveis sem comprometer a qualidade ou a eficiência do serviço que será prestado.”

Artigo anteriorThiebault Pâquet: “A mobilidade pode apoiar os investimentos necessários à infraestrutura de hidrogénio”
Próximo artigoVeículos de energias alternativas pesam 51,9%