A Helexia concluiu a instalação de uma central fotovoltaica de 259 kWp, equipada com 480 painéis solares que irão produzir 402MWh de energia limpa por ano, o que resulta na redução de 189 toneladas de CO2. Esta iniciativa vem reforçar o posicionamento da Leroy Merlin de Albufeira enquanto loja produtora de energia, mas também representa uma significativa redução de custos na fatura de energia e uma menor dependência da rede elétrica.

Em paralelo, a Helexia implementou dois postos de carregamento para veículos elétricos nesta loja, proporcionando aos clientes uma experiência de compra mais sustentável e a possibilidade de carregarem as suas viaturas. Trata-se de um carregador rápido de 50 kW e um carregador duplo de 22kW, que em conjunto permitem o carregamento de três veículos elétricos em simultâneo.

Ambos os projetos, desde a conceção até à implementação e investimento, ficaram a cargo da Helexia. Enquanto investidora, a Helexia permite à Leroy Merlin manter os investimentos estratégicos no seu negócio base e usufruir de um preço de energia, estável e competitivo, ao longo da vigência do contrato.

Através destes projetos, a Leroy Merlin consegue uma redução significativa nos custos de energia, uma maior autonomia energética e, ainda, a redução da sua pegada de carbono, reforçando o seu posicionamento enquanto empresa sustentável. Para além disso, destaca-se da concorrência ao oferecer benefícios adicionais aos seus visitantes.

helexia

A Helexia já tinha realizado investimentos semelhantes nas lojas Leroy Merlin de Portimão e de Loulé, ambas com centrais de autoconsumo solar que contaram com a conceção, implementação, operação e investimento da empresa de descarbonização. No total, com a Leroy Merlin, a Helexia tem em operação 885 kWp de energia verde na região do Algarve, o que permite produzir anualmente 1390 MWh de energia renovável e evitar a emissão de 654 toneladas de CO2 por ano.

“O Algarve, devido à sua localização geográfica, apresenta um elevado potencial para produção de energia solar, quando comparada com outras regiões da Europa. Como tal, pretendemos continuar a explorar oportunidades na região e a capitalizar o potencial de produção energética da mesma, uma vez que na região do Algarve uma unidade de produção fotovoltaica consegue produzir cerca do dobro da energia do que a mesma unidade produziria nos países europeus localizados mais a norte, como a Alemanha, os Países Baixos ou o Reino Unido.”, afirma João Guerra, Marketing & Communication Director da Helexia.

Quanto à parceria com Leroy Merlin, João Guerra, conclui: “Quando duas empresas que partilham dos mesmos valores se unem, podem ser criados projetos excecionais. Esta parceria tem tido um impacto muito positivo para a Leroy Merlin, não só na produção de energia renovável, como também na eficiência, otimização e poupança energética. Vamos continuar a trabalhar lado a lado, com a Leroy Merlin com o intuito de alcançar a neutralidade carbónica”.

Já para João Lavos, Líder Desafio Impacto Positivo da Leroy Merlin Portugal, “há parceiros que são verdadeiros aliados na nossa missão e a Helexia é um deles. Desde o primeiro dia que juntámos forças em prol da eficiência energética e neutralidade carbónica e é com muito entusiasmo que damos mais um passo para o conseguir. Trabalhamos todos os dias para conseguir o Impacto Positivo Ambiental que promovemos e a mudança já se faz sentir, com mais um projeto a dar corpo a essa vontade. Os indicadores são positivos, mas temos ainda um caminho longo pela frente. Felizmente, estamos comprometidos a fazê-lo juntos”.

Artigo anteriorCientistas portugueses vão estudar alterações climáticas em expedição à Antártida
Próximo artigoManifesto enviado a partidos: propostas para a sustentabilidade do país