O Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA), uma iniciativa da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana, foi distinguido nos prémios V d’Or 2024 na categoria “Best Joint Initiative”, que destaca o programa da região alentejana como a melhor iniciativa conjunta do setor vitivinícola mundial.

A cerimónia de entrega de prémios decorreu em Paris, na “La Nuit des V’Or”, que marcou o arranque da Wine Paris & Vinexpo Paris, uma das principais feiras internacionais dedicadas ao mundo dos vinhos, este ano marcada para os dias 12, 13 e 14 de fevereiro. 

Esta, que é uma iniciativa francesa, celebra a excelência dos players do setor em termos de desempenho e desenvolvimento sustentável, distribuídos em cinco categorias:  iniciativa coletiva, iniciativa de transmissão, novas soluções para negócios, experiência de marca e marketing ecologicamente responsável. A organização destacou o PSVA “pela atenção aos pormenores, equilíbrio e rigor bem como pela habilidade de promover a biodiversidade e, ainda, fortalecer a reputação dos Vinhos do Alentejo à volta de todo o globo”. Sobre os prémios, Michel Chapoutier, chairman do Comité dos V d’Or, salientou que “estes são os futuros óscares internacionais do vinho”.

João Barroso, coordenador do PSVA, afirma que “a força motriz criada a partir da parceria já de uma década com a Universidade de Évora, aliada com o valor acrescentado que a ANP/ WWF Portugal trouxe para a revisão de conteúdos do PSVA2.0, redundou neste reconhecimento, que é muito mais do que um prémio para o Alentejo, é uma força internacional que impacta toda a região e que destaca todos os produtores que adaptaram as suas produções em resposta às alterações climáticas e ao saber fazer melhor. É por eles, com eles e para eles que existe um PSVA.”

Recorde-se que, desde o lançamento em 2015, a iniciativa de desenvolvimento sustentável da Comissão Vitivinícola Regional Alentejana  já foi reconhecida internacionalmente, com inúmeros prémios, desde o “The Drinks Business Green Awards”; os Prémios Europeus de Promoção Empresarial, uma iniciativa da Comissão Europeia e coordenada, em Portugal, pelo IAPMEI; o título de Embaixador Europeu de Inovação Rural pelo projeto LIAISON, uma Parceria Europeia de Inovação para a Produtividade Agrícola e Sustentabilidade lançada, igualmente, pela Comissão Europeia; o galardão “Sustainability Initiative Award” dos IRGAwards, uma iniciativa da Deloitte; e , ainda, mais recentemente, nos “Prémios Verdes”, uma parceria da Revista Visão com o grupo Águas de Portugal. 

Artigo anteriorComo 12 mil bicicletas vão travar abandono escolar
Próximo artigoMobi.e e Porto de Lisboa avançam com instalação de postos de carregamento para camiões