Márcia Pereira
Márcia Pereira
CEO da Bandora

Em abril deste ano, Portugal alcançou um marco histórico ao produzir 95% da sua eletricidade a partir de fontes renováveis, de acordo com o relatório da REN. Nos primeiros quatro meses do ano, a produção renovável cobriu 91% das necessidades elétricas do país, colocando Portugal na liderança europeia em descarbonização. 

Dia Nacional da Energia: Portugal rumo à Sustentabilidade Energética

0
0

Num cenário global marcado pela crise climática e pela procura por alternativas energéticas mais limpas, Portugal destaca-se como um exemplo na transição para fontes mais sustentáveis. Com passos firmes e visão audaz, o país tem pavimentado o caminho para um futuro mais verde e resiliente, inspirando a Europa com o seu compromisso com a sustentabilidade. 

Em abril deste ano, Portugal alcançou um marco histórico ao produzir 95% da sua eletricidade a partir de fontes renováveis, de acordo com o relatório da REN. Nos primeiros quatro meses do ano, a produção renovável cobriu 91% das necessidades elétricas do país, colocando Portugal na liderança europeia em descarbonização. 

Ao longo dos anos, o país implementou medidas para reduzir a sua dependência de combustíveis fósseis, desde a eliminação gradual da produção de energia a carvão até ao fortalecimento da capacidade hidroelétrica, colocando Portugal no caminho certo para um futuro energético mais verde.

Apesar dos avanços notáveis, Portugal enfrenta desafios na sua jornada rumo à sustentabilidade energética, como a intermitência das fontes renováveis, exigindo soluções eficazes de armazenamento de energia. O país está a responder a essa necessidade com investimentos em baterias de grande porte e sistemas de bombeamento hidrelétrico. A expansão da infraestrutura de rede e a integração de novas fontes de energia renovável requerem investimentos e políticas regulatórias claras. 

Portugal está determinado em consolidar a sua posição como líder global em energia limpa e renovável, com foco em investigação, desenvolvimento e infraestrutura.

O recente relatório European Electricity Review da Ember destaca que Portugal ainda não atingiu o pico de produção eólica registado em 2019, apesar das ambições delineadas no Plano Nacional de Energia e Clima atualizado. Isso serve como um lembrete de que o trabalho está longe de ser concluído e que o país deve continuar a inovar e expandir a sua capacidade de energia renovável para alcançar os seus objetivos de sustentabilidade energética. 

Portugal é um exemplo inspirador de como a descarbonização pode coexistir com o crescimento económico, demonstrando que é possível construir um futuro próspero e resiliente, impulsionado por fontes de energia limpa e renovável. Ao enfrentar os desafios com determinação e visão a longo prazo, Portugal está a traçar o caminho para um mundo mais sustentável para as gerações futuras.

Foto de destaque de Marius Masalar na Unsplash

Artigo anteriorStartup Leiria avança para Comunidade de Energia Renovável
Próximo artigoBYD lança SEAL U DM-i, um PHEV com tecnologia Super DM